Como escolher o projeto para casa de madeira pré-fabricada

No primeiro contato, o cliente nos apresenta uma ideia do que está procurando, muitas vezes, traz algum modelo de projeto que viu em nosso site e partimos disto.

 

Neste contato, colhemos as informações essenciais para o início do projeto, como:

 

  • Quantidade de dormitórios;
  • Quantidade de suítes;
  • Qual será o uso da casa (veraneio ou moradia);
  • Região da obra (cidade, sítio ou chácara); e
  • Estilo da casa (sobrado ou térrea).
  •  

Essa etapa é muito importante, pois já podemos orientar o cliente em algumas questões, como a viabilidade do projeto desejado. Por exemplo, para um cliente que gostaria de construir um sobrado, mas possui um terreno amplo e com topografia favorável, muitas vezes a construção térrea tem um melhor custo benefício e permite um melhor aproveitamento do terreno.

 

Em todos os projetos, realizamos a visita técnica no terreno para analisar as condições do local relevantes para a obra, como:

 

  • Topografia do terreno;
  • Necessidade de terraplenagem;
  • Necessidade de corte de árvores;
  • Vias de acesso ao local da obra;
  • Se é área urbana ou rural (para fins de aprovação de projeto);
  • Posição do norte em relação ao terreno; e
  • Rede de distribuição de água e energia elétrica no local;

 

Além destas informações prévias, na mesma visita é realizada a reunião para personalização do projeto. A análise do terreno permite sugerir por exemplo, a melhor posição para cada tipo de janela, considerando a luz do sol ao longo do dia.

Feita a visita técnica, são ajustados os últimos detalhes do projeto e é produzida a planta final. Após aprovação, o contrato já estará disponível para o cliente.

 

 

Confira também:

5 vantagens das casas pré fabricadas